UFPR exibe longa produzido com apoio popular que discute o assédio sexual contra mulheres

(Foto: reprodução/Facebook)

Uma longa metragem que discute o assédio sexual contra mulheres e que foi produzido com o apoio popular será exibido nesta semana em Curitiba. O filme “Chega de Fiu Fiu” não está disponível em plataformas públicas, como YouTube, ou fechadas, como Netflix. A exibição depende da programação de sessão especial, que desta vez será promovida pelo Instituto Aurora e a Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Depois da apresentação do longa, a plateia acompanha uma roda de conversa sobre assédio em locais públicos e a cidade como lugar de pertencimento da mulher. O filme, das diretoras Amanda Kamanchek Lemos e Fernanda Frazão, faz parte da campanha “Chega de Fiu Fiu”, criada em 2013 pelo coletivo Think Olga. A produção revela a rotina de três mulheres que mostram como a violência de gênero é praticada no espaço público urbano.

O filme “Chega de Fiu Fiu” atingiu em menos de 24 horas a meta de arrecadação financeira para ser produzido. A exibição está marcada para as 19h30 desta quinta-feira (13), na sala 200 do Prédio Histórico da Universidade Federal do Paraná, na Praça Santos Andrade, no Centro de Curitiba. O local tem capacidade para 100 pessoas e a entrada é gratuita. A roda de conversa começa logo depois da exibição do filme, até as 22h30.

As debatedoras convidadas são a professora Taysa Schiocchet, da Faculdade de Direito e do Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade Federal do Paraná, doutora em Direito e coordenadora da Clínica de Direitos Humanos da UFPR; e a advogada Silvana de Oliveira Niemczewski, presidente da comissão de Igualdade Racial da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Paraná.

Reportagem: Lenise Klenk

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*