ParanáGeral

Varejo paranaense cresce 4,24% no primeiro trimestre de 2022

Os setores de maior destaque foram de vestuário, tecidos e calçados

 Varejo paranaense cresce 4,24% no primeiro trimestre de 2022

Foto: Pixabay

O varejo paranaense cresceu 4,24% no 1º trimestre deste ano, de acordo com os dados da Pesquisa Conjuntural da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio PR). As áreas de maior destaque foram as de vestuário e tecidos, com o aumento de 39%, e calçados, com um salto de 37% nas vendas na comparação com o mesmo período de 2021. O coordenador de Desenvolvimento Empresarial da Fecomércio PR, Rodrigo Schmidt, acredita que os resultados retratam as perdas sofridas por esses ramos ao longo da pandemia, os mais impactados pelo isolamento social, porque sem eventos e situações sociais, muitas pessoas deixaram de comprar os produtos.

Neste ano, o ramo de vestuário e tecidos cresceu 78% e as lojas de calçados registraram vendas 50% maiores do que as de 2021. O setor de óticas, cine-foto-som também teve bom desempenho no mês de março na comparação com o mesmo mês de 2021, com aumento de 48%, bem como as lojas de departamentos, com elevação de 36,66%. De modo geral, o comércio cresceu 10% na variação anual.

Reportagem Fernanda Scholze

Band News Curitiba - 96,3 FM

A BandNews Curitiba está na cidade desde 2006. A emissora caiu no gosto do curitibano e, atualmente, está entre as dez rádios mais ouvidas da cidade.

Casamentos no Paraná aumentam quase 8% em julho de 2022

Casamentos no Paraná aumentam quase 8% em julho de 2022

Foi registrado um total de 4.034 casamentos, 7,8% a mais que o verificado em junho

Bancário é suspeito de desvios que ultrapassam R$ 1,2 milhão

Bancário é suspeito de desvios que ultrapassam R$ 1,2 milhão

Na casa dele foram apreendidos documentos, talões de cheque, cartões de crédito e contratos

Morre turista que sofreu queda em cachoeira durante rapel

Morre turista que sofreu queda em cachoeira durante rapel

Depois de cinco dias hospitalizado, turista que caiu durante prática de rapel tem morte divulgada

Cresce intenção de compra no Dia das Crianças

Cresce intenção de compra no Dia das Crianças

Presente deve custar cerca de R$ 156,58, o maior valor já registrado pela sondagem