Vendedor de churros morto em assalto tinha dois empregos para sustentar a família

Está foragido o homem que matou um vendedor de churros que reagiu a uma tentativa de assalto. O caso aconteceu ontem (03) à noite, em Campina Grande do Sul.

O trabalhador, de 24 anos, estava com o carro parado para venda no Jardim Nesita, quando o criminoso chegou armado e anunciou o assalto. Felipe de Oliveira entregou o dinheiro do caixa, cerca de R$ 20. Era tudo que ele havia conseguido até então – o que revoltou o bandido.

O homem então tentou levar o carro de Felipe, que reagiu ao assalto. Os dois entraram em luta corporal e o vendedor foi baleado no rosto. Ele morreu na hora. Testemunhas afirmaram que o autor do latrocínio era um homem branco, de aproximadamente 1,85 m e usava um revólver calibre 38.  Felipe era vigilante e trabalhava com a venda de churros para complementar a renda. Nesta terça-feira (04), ele completaria 25 anos.

Band News Curitiba - 96,3 FM

A BandNews Curitiba está na cidade desde 2006. A emissora caiu no gosto do curitibano e, atualmente, está entre as dez rádios mais ouvidas da cidade.

3 pessoas se afogam e precisam ser socorridas em Caiobá

3 pessoas se afogam e precisam ser socorridas em Caiobá

Adolescentes foram retirados do mar conscientes e passam bem