PolíticaEleições 2016

Vereadores decidem pela cassação do prefeito de Arapoti

Com a cassação, quem assume no lugar de Braz Rizzi é a Vice-Prefeita de Arapoti, Nerilda Penna (PP)(Foto: Divulgação Câmara Municipal de Arapoti)

O prefeito de Arapoti, na região dos Campos Gerais do estado, teve o mandato caçado, após decisão dos vereadores da cidade. Em uma sessão plenária que durou mais de oito horas, foi julgada a denúncia de um eleitor contra Braz Rizzi, do DEM. Ao todo, seis vereadores votaram pela cassação e três foram contrários.

O prefeito era acusado de ceder máquinas agrícolas da prefeitura para uma associação de produtores durante o período eleitoral.  O uso de bens da prefeitura por terceiros só pode ser feito com autorização da Câmara de Vereadores.

A Lei Orgânica de Arapoti também impede a utilização dos bens sem custo e autorização do Legislativo. No final do mês passado, a Justiça havia bloqueado os bens de Rizzi, suspeito de improbidade administrativa.

De acordo com o Ministério Público, ele e o coordenador de campanha eleitoral utilizavam um terreno do município para plantar trigo e soja, também para o benefício de terceiros. Quem vai assumir o cargo é a vice-prefeita da cidade, Nerilda Penna (PP). A posse está marcada para segunda-feira (18).

Band News Curitiba - 96,3 FM

A BandNews Curitiba está na cidade desde 2006. A emissora caiu no gosto do curitibano e, atualmente, está entre as dez rádios mais ouvidas da cidade.

Câmara vai recorrer de liminar do STF que restabelece mandato

Câmara vai recorrer de liminar do STF que restabelece mandato

Renato Freitas tinha sido cassado por quebra do decoro parlamentar

78 mil ítalo-brasileiros participam de votação do parlamento italiano

78 mil ítalo-brasileiros participam de votação do parlamento italiano

Os eleitores são italianos natos e descendentes com cidadania residentes no Brasil

Ministro do STF restabelece mandato de Renato Freitas

Ministro do STF restabelece mandato de Renato Freitas

Com suspensão da cassação, vereador poderá participar das eleições deste ano

Eleitores brasileiros decidem voto presidencial antes dos outros cargos

Eleitores brasileiros decidem voto presidencial antes dos outros cargos

Foram ouvidas 2 mil pessoas por telefone, entre os dias 18 e 20 de setembro