Viaduto da João Miqueletto será interditado para recuperação da estrutura

 Viaduto da João Miqueletto será interditado para recuperação da estrutura

Foto: Divulgação

O viaduto que liga as ruas João Miqueletto e Eduardo Pinto da Rocha sobre a linha férrea, no Alto Boqueirão, em Curitiba, será interditado para obras de recuperação.

Segundo a prefeitura, o bloqueio temporário será feito a partir da próxima segunda-feira (14) devido a anomalias detectadas na estrutura pela ação do tempo. Segundo o diretor de implantação do Ippuc (Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba), Carlos Barros, a interdição é necessária para o reforço da estrutura.

As intervenções no escoramento do viaduto devem durar seis meses, conforme cronograma da prefeitura. Depois disso, será possível a passagem de tráfego leve sobre o local. O trabalho de escoramento com vigas metálicas será contratado pelo município, com acompanhamento da concessionária Rumo, responsável pela área de domínio da ferrovia. Já a solução definitiva, segundo o presidente, depende de elaboração do projeto e licitação da obra de recuperação do viaduto. Após a licitação da obra, com a definição da empresa vencedora e a assinatura da ordem de serviço, o viaduto será novamente interditado para que a estrutura seja recuperada.

Com o bloqueio do viaduto ao trânsito de veículos e pedestres, o tráfego será desviado pelo seguinte trajeto: quem segue pela João Miqueletto no sentido do viaduto terá que virar à esquerda na Eduardo Pinto da Rocha e à direita na Rua Guaçuí, seguindo à Tijucas do Sul, depois à direita na Rua Ourizona rumo à Danilo Pedro Schreiner.

Para quem está próximo ao trecho da Eduardo Pinto da Rocha que se liga à João Miqueletto após o viaduto, o acesso será pela Danilo Pedro Schreiner e sua continuação até Rua Ourizona e conversão à Rua Coronel Joaquim Antônio de Azevedo, seguindo até a Nova Aurora e à Tijucas do Sul, conectando ao seu prolongamento Rua Guaçuí.

Imagens: Ippuc

Reportagem: Leonardo Gomes

Band News Curitiba - 96,3 FM

A BandNews Curitiba está na cidade desde 2006. A emissora caiu no gosto do curitibano e, atualmente, está entre as dez rádios mais ouvidas da cidade.

3 pessoas se afogam e precisam ser socorridas em Caiobá

3 pessoas se afogam e precisam ser socorridas em Caiobá

Adolescentes foram retirados do mar conscientes e passam bem