Acampamento de movimentos sociais já está sendo desmontado

Foto: Bruna Valle/Band News FM

Foto: Bruna Valle/Band News FM

O acampamento ao lado da Rodoviária de Curitiba, que abriga membros de movimentos sociais de várias cidades do Paraná e de outros Estados já está sendo desmontado. Algumas caravanas já estão se organizando para voltar pra casa. Outras já foram embora na madrugada desta quinta-feira, 11.

No entanto, alguns manifestantes permanecem no acampamento e devem pegar a estrada apenas no inicio da noite.  As barracas foram montadas na noite da última segunda-feira (08) por entidades como MST, CUT, movimentos sociais e partidos de esquerda.

O acampamento recebeu cerca de seis mil manifestantes e apoiadores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva – que veio a Curitiba prestar depoimento.  Na última sexta-feira (05), as instalações foram impedidas pela Justiça, que determinou um “Interdito Proibitório” em ruas e praças de Curitiba.

No entanto, o terreno, onde o acampamento foi montado, pertence à União. De acordo com a Prefeitura, a cessão da área foi intermediada pela Comissão de Assuntos Estratégicos e Secretaria de Estado da Segurança Pública junto aos órgãos da União.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*