Após votação na CBF, Atlético ganha o direito de continuar utilizando grama sintética

Maurício Mano / site Oficial – arquivo

Em reunião realizada ontem à tarde (segunda, 5) na sede da CBF, os 20 clubes da Série A votaram e aprovaram a liberação da grama sintética na Arena da Baixada. O principal argumento dos times que eram contra a grama artificial, era que o Atlético Paranaense se beneficiaria por conta de um gramado diferente dos demais estádios. Já o Furacão, em sua defesa, alegou que havia um custo muito alto para a manutenção na grama natural e por conta do clima de Curitiba. Caso a maioria dos times votasse contra, o Atlético teria que se readequar a regra e colocar um novo tipo de grama.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*