Associação Paranaense de Supermercados afirma que setor teve muitos prejuízos por protestos de caminhoneiros

supermercadosA Associação Paranaense de Supermercados afirma que o setor teve “altas perdas” por causa dos protestos de caminhoneiros no Paraná. Os prejuízos ainda não foram divulgados, mas a Apras fez um apelo ao governo federal e ao governo estadual por medidas mais eficazes na negociação junto a categoria dos caminhoneiros no Brasil e do Paraná. Segundo a associação, houve “altas perdas no setor e consequentemente para população geral do estado que já está sendo afetada com o desabastecimento dos supermercados, principalmente com relação à reposição de alimentos. A Apras ressalta que as cargas nos caminhões parados estão expostas ao clima e devem ser perdidas. Fábricas de alimentos estariam reduzindo a produção por falta de insumo e por não poder distribuir os produtos aos supermercados e mercados. Em nota a associação afirma que apesar de as lideranças do movimento dos caminhoneiros afirmarem que as cargas de perecíveis estão sendo liberadas, na prática grande parte acaba retida nos bloqueios.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*