Café mais resistente começará a ser produzido no Paraná

O Paraná vai começar a produzir uma nova variedade de café mais resistente ao parasita que afeta toda a região cafeeira do Estado. Além de mais forte, a produção sai até pela metade do custo, já que não depende de agrotóxicos. Essa variedade foi desenvolvida no Instituto Agronômico do Paraná, e será lançada na sexta-feira (29), na comemoração dos 40 anos do Iapar. O novo café foi desenvolvido através do melhoramento genético tradicional. O técnico do Departamento de Economia Rural da Secretaria de Agricultura, Paulo Franzini, se mostra bastante otimista com essa nova qualidade de produto.

Em algumas áreas do Estado, a praga não permite mais o cultivo do café sem enxerto. E essa nova variedade vai resgatar essas áreas. As mudas enxertadas custam duas vezes mais e a meta é substituir todas as elas gradativamente.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*