Canal da Galheta vai passar por mais uma dragagem

O Canal da Galheta, que dá acesso aos portos de Paranaguá e Antonina, vai passar por uma dragagem emergencial em até 45 dias. Hoje foi assinado o contrato com a empresa DTA Engenharia, que venceu a licitação para fazer o serviço, previsto para durar seis meses. O gasto com a dragagem será de 37 milhões de reais. O preço inicial máximo era de 45 milhões de reais. O edital dividiu a dragagem em dois lotes: Paranaguá e Antonina. Seis empresas participaram da licitação. O superintendente da Associação de Portos de Paranaguá e Antonina, Luiz Henrique Dividino, explica que as obras vão permitir o aumento no volume de cargas que passam pelo terminal. O governador Beto Richa afirma que novos investimentos para o Porto de Paranaguá devem ser anunciados em breve. O processo de licitação internacional para obras de dragagem dos pontos críticos do Canal da Galheta começou no ano passado. O governo do Paraná ainda quer contratar uma empresa de manutenção do Canal por 60 meses. Também é feito um estudo para fazer a dragagem de aprofundamento para aumentar a profundidade do canal de 15 para 16 metros, o que vai permitir a entrada navios de maior porte. Em média, os navios vão poder carregar cinco mil toneladas a mais.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*