Carteiros continuam insatisfeitos

A falta de carteiros no Paraná e o acúmulo de trabalho podem fazer com que a categoria entre em greve mais uma vez. A última paralisação foi realizada no ano passado e durou cerca de um mês. São seis mil profissionais em todo o estado e a estimativa dos carteiros é que são necessários mais mil novos funcionários para atender toda a demanda.
Segundo o Secretário Geral dos Trabalhadores dos Correios no Paraná, Luiz Antônio Souza, um concurso foi feito no ano passado, mas mesmo assim o problema não foi amenizado. Ele afirma que alguns pontos da Grande Curitiba ainda sofrem com os atrasos de correspondências.   O secretário diz que os carteiros vão entrar em campanha salarial, para então decidir pela paralisação.  A administração dos Correios foi procurada e informou que já foi feito um pedido para a abertura de novas vagas para carteiros.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*