Coleta de lixo em Curitiba tem valor fixo em 2018

Foto: Chico Camargo/CMC – arquivo

A taxa de coleta de lixo de Curitiba teve alterações em 2018. A cobrança é feita no carnê do IPTU e neste ano tem um valor fixo de R$ 275,40 para imóveis residenciais e de R$ 471,60 para imóveis não residenciais. Além disso, agora, mesmo quem é isento do IPTU, como templos religiosos, consulados e residências de ex-combatentes, passa a pagar pela coleta do lixo. Até o ano passado, a taxa tinha como teto máximo o valor do IPTU do imóvel, o que gerava um déficit para os cofres da prefeitura, que pagava a diferença. Nos casos de imóveis isentos, o valor da taxa não era cobrado. Segundo o Diretor do Departamento de Rendas Imobiliárias, Sergio Luiz Primo, a mudança em 2018 quer garantir que o valor do subsídio possa ser usado em outras áreas de investimento.

Existe ainda uma taxa reduzida residencial, que dá 50% de desconto no valor total para imóveis considerados de baixa renda, de acordo com a metragem do imóvel e o valor venal – que é o utilizado para o cálculo do IPTU.

Em 2018, a previsão da Secretaria de Meio Ambiente é que o custo de manutenção do serviço de coleta do lixo seja de R$ 209 milhões. Segundo o Departamento de Rendas Imobiliárias, o valor que deve ser arrecadado com o aumento na taxa de coleta de lixo deve suprir esse custo e a prefeitura não vai precisar fazer nenhum subsídio para complementar o serviço. A cobrança deve ser enviada junto do carnê do IPTU. Os imóveis isentos do imposto vão receber um carnê com a cobrança da taxa.  Quem não receber o carnê deve solicitar a segunda via no site da prefeitura ou na Rua da Cidadania da região.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*