Curitibano tetraplégico cria equipamentos para reabilitação

Um curitibano tetraplégico ganhou o título de Empreendedor Inovador do Paraná do Centro Internacional de Inovação por criar equipamentos para reabilitação com tecnologia nacional. Leonardo Rodrigues da Silva, que hoje tem 39 anos, perdeu os movimentos dos braços e das pernas há 15 anos depois de sofrer um acidente durante um mergulho. Ele fraturou duas vértebras e ficou quase cinquenta dias na UTI. O curitibano é formado em informática e fez mestrado em engenharia biomédica, e sempre se interessou pela área de software. Leonardo trabalha em uma empresa que desenvolve equipamentos para o treinamento de atletas e para a reabilitação física. E foi lá que criou dois produtos na área.

Ele conta que quando começou o processo de reabilitação através de fisioterapias sentiu falta de tecnologias para acompanhar a própria evolução.

Leonardo afirma que criou esses projetos não com o intuito de voltar a andar, mas sim para ajudar pessoas que são paraplégicas.

A empresa em que ele trabalha já tem outros projetos para serem lançados até 2020. Quem quiser conferir os produtos pode acessar o site www.biosmart.com.br

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*