Desemprego sobre na RMC

O desemprego na Região Metropolitana de Curitiba subiu 0,8 % em março, em relação à fevereiro. Os dados são do Ipardes e do IBGE. No valor total, o índice chegou a quatro e meio por cento.  Segundo o economista presidente do Ipardes, Gilmar Mendes Lourenço, o aumento do desemprego aconteceu em todas as regiões metropolitanas do país.

Apesar do aumento em março, o índice de desemprego continua o menor do país e ficou abaixo da média nacional, que é de 6,2%. O dado leva em consideração o desemprego em seis capitais. A tendência é que nos próximos meses a taxa de desemprego diminua.

O levantamento do Ipardes também mostra que o rendimento do trabalhador aumentou 0,6% e fechou março em 1.849 reais. Curitiba e Região tem a segunda melhor remuneração do país. A capital perde apenas para São Paulo.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*