Diminui o roubo de cargas nas Estradas em Curitiba

O número de ocorrências envolvendo roubo de cargas diminuiu nas estradas que cortam Curitiba. Os dados são da delegacia de estelionato e desvio de cargas da capital. Em janeiro foram contabilizadas 24 ocorrências. Fevereiro apresentou um leve aumento, com 31 furtos. Já em março foram 20 e abril 17 casos. De acordo com o delegado Cassiano Aufiero, a ação de quadrilhas especializadas diminuiu nas rodovias que cortam o Paraná. Produtos como cigarros e combustíveis deixaram de ser alvo dos bandidos. Por outro lado, há uma tendência de aumento no número de casos envolvendo transporte de bebidas. A eficiência das fiscalizações policiais esbarra na dificuldade em se prever o local onde o crime será cometido. De acordo com o delegado, não há um ponto fixo para ação dos criminosos. Muitas vezes, a quadrilha conta com infomações repassadas pelos próprios funcionários das transportadoras. No caso do transporte de grãos, a queda no número de furtos pode ser explicado pela época do ano. O vice-presidente da Federação das transportadoras do estado do Paraná, Sérgio Malucelli, diz que a entressafra diminui o movimento das transportadoras do setor. Segundo as transportadoras, as rodovias que fazem a ligação entre o sul e sudeste do país são as preferidas das quadrilhas, já que são essas regiões que movimentam as cargas de maior valor.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*