Em Brasília, comitiva da UFPR discute rumos da paralisação

Uma comitiva da universidade federal do Paraná segue para Brasília nesta quarta-feira para discutir os rumos da paralisação dos professores, que completou 10 dias hoje. Entre os integrantes estarão professores e o próprio reitor da universidade federal do Paraná, Zaki Akel Sobrinho. Ele reconhece que a situação atual é preocupante.

De acordo com Zaki Akel, os paranaenses que vão até Brasília serão recebidos por representantes do ministro da educação, Aloízio Mercadante.

Cerca de 25 mil alunos estão sem aula nas universidades federais do Paraná por causa da greve. São mais de mil e seiscentos docentes que estão de braços cruzados, na capital e em cidades do norte e do centro do estado.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*