Empresa de auditoria independente da Petrobras afirma não ter encontrado atos de corrupção de Lula na gestão

(Foto: Divulgação/Instituto Lula)

(Foto: Divulgação/Instituto Lula)

A KPMG, empresa de auditoria independente da Petrobras, afirmou não ter encontrado atos de corrupção do ex-presidente Lula na gestão da estatal. O ofício foi encaminhado ao juiz Sérgio Moro nesta segunda-feira. O período analisado foi de 31 de dezembro de 2006 a 31 de dezembro de 2011. De acordo com a empresa, as análises foram feitas por meio de procedimentos e testes previstos em normas profissionais de auditoria. No documento, a KPMG frisou que não identificou em demonstrações contábeis “atos envolvendo a participação do ex-presidente Lula dentro da estatal que pudessem ser qualificados como representativos de corrupção ou configurar ato ilícito”.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*