Ex-prefeito de Foz do Iguaçu terá que devolver verbas trabalhistas

O ex-prefeito de Foz do Iguaçu, Celso Samis da Silva, será obrigado a ressarcir verbas trabalhistas, de quando estava no mandato. A determinação é do Tribunal de Contas do Estado, que julgou ilegais as terceirizações realizadas na saúde pública do município. Segundo o TCE, são pelo menos 16 ações na justiça. Entre 2003 e 2004, o gestor assinou contrato de serviços com a empresa de vigilância sanitária e combate a endemias Ibadis, que não arcou com responsabilidades trabalhistas previstas na lei. Para o TCE, o prefeito foi negligente. Celso Samis ainda pode recorrer da decisão.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*