Guardas municipais podem começar a atuar na fiscalização de trânsito

(Foto: divulgação/Prefeitura Municipal de Curitiba)

(Foto: divulgação/Prefeitura Municipal de Curitiba)

Guardas municipais de Curitiba podem começar a orientar e fiscalizar o trânsito na cidade. O grupo já está em treinamento, segundo a Secretaria Municipal de Trânsito. Mas, para que isso possa começar a acontecer nas ruas, é preciso que um projeto sobre o tema seja aprovado na Câmara Municipal.

O anúncio foi dado após uma reunião entre representantes da prefeitura e taxistas. Os guardas devem auxiliar na fiscalização do transporte individual de passageiros por aplicativo, como é o caso do Uber e do Cabify.

A proposta que tramita na Câmara surgiu após a reivindicação de moradores de regiões de praças e parques. Dessa maneira, é possível que a atuação desses agentes fique restrita à estas áreas, conforme explica o autor do texto, Felipe Braga Côrtes (PSD).

O texto permite que os guardas atuem por meio de um convênio com o Detran e a Setran, com regras que ainda devem ser definidas. A atuação de guardas municipais na fiscalização do trânsito já funciona em cidades como Belo Horizonte e São Paulo.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*