Interrogatório de Lula começa com perguntas do juiz Sérgio Moro

Foto: Divulgação / arquivo

O ex-presidente Lula já presta depoimento ao juiz Sérgio Moro. Ele está numa sala do segundo andar da Justiça Federal. O petista chegou pouco antes das 14h, veio sem escolta da polícia e antes de entrar para o depoimento cumprimentou militantes e políticos que acompanhavam a chegada dele.

Lula começou respondendo aos questionamentos do juiz Sérgio Moro, depois do Ministério Público Federal e na sequência das defesas dos réus. Ao final da audiência, Moro ainda pode complementar com novas perguntas e também pergunta se o réu quer fazer considerações finais.

Essa é a oportunidade de Lula se defender das acusações. Nesta ação penal o ex-presidente é acusado de ter sido beneficiado pela Odebrecht com a compra de um terreno para sede do Instituto Lula e um apartamento em São Bernardo do Campo, em São Paulo.

Também nesta quarta-feira (13) deve prestar depoimento o ex-assessor do ministro Antônio Palocci, Branislav Kontic. O interrogatório do advogado Roberto Teixeira estava previsto para ocorrer hoje, mas por questões de saúde foi adiado para o dia 20 de setembro.

Os interrogatórios desta quarta-feira (13) não tem previsão de términos. A última audiência relacionada ao triplex do Guaruja, Lula falou por cerca de cinco horas.

No interrogatório desta quarta-feira (13) serão usadas duas câmeras de filmagem – uma voltada para Lula e outra, lateral, que capta imagem de toda a sala de audiência. A Justiça Federal manteve o expediente, ao contrário do que ocorreu no primeiro interrogatório, em maio

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*