Médicos devem negociar com planos de saúde até junho

Os planos de saúde têm até junho para negociar com os médicos os reajustes honorários reivindicados pela categoria.  Ontem, os profissionais realizaram uma mobilização em todo o país para chamar a atenção com relação aos baixos valores que são repassados pelos convênios. Atualmente, eles recebem em torno de quarenta reais por consulta. Os médicos pedem que esse valor seja de 80 a 100 reais. O presidente do Conselho Regional de Medicina do Paraná, Alexandre Bley, diz que espera que nos próximos dois meses os planos de saúde sentem para negociar.

Os médicos se reuniram ontem à noite no Conselho Regional de Medicina para tratar sobre as novas regras de contrato com os convênios que foram aprovadas pela Agência Nacional de Saúde. O presidente do CRM não descarta a possibilidade de cada vez mais médicos se descredenciarem dos planos de saúde.

Em abril do ano passado, ocorreu a primeira paralisação nacional dos médicos contra os planos de saúde.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*