MPF pede condenação de 4 réus na Operação Lava Jato

O Ministério Público Federal pediu a condenação do ex-diretor da área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró, do lobista Fernando Soares, conhecido como Fernando Baiano, do consultor Júlio Camargo e do doleiro Alberto Youssef em uma das ações penais da Operação Lava Jato. Eles são acusados de crimes como corrupção passiva, corrupção ativa e lavagem de dinheiro. O pedido de condenação, apresentado nesta manhã, está nas alegações finais, última fase do processo antes da sentença do juiz.

Os procuradores pedem o pagamento de multas que somam cerca de R$ 296 milhões – R$ 156 milhões correspondentes aos danos causados à Petrobras e à administração pública, e R$ 140,5 milhões relativos aos valores apreendidos em contas e investimentos bancários que são considerados fruto de crime. Os procuradores pedem ainda que as penas sejam cumpridas, inicialmente, em regime fechado. No caso de Alberto Youssef e Julio Camargo, devem prevalecer as condições estabelecidas nos acordos de delação premiada que firmaram.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*