Não há registro de homicídios no Parolin desde a implantação da UPS

Nenhum homicídio foi registrado no Parolin desde a implantação da Unidade Paraná Seguro no bairro, no dia 7 de maio. No local da UPS também não foi registrado nenhum roubo no período. Se for analisado o bairro como um todo foram três roubos registrados pela Policia no Parolin. Os dados apresentados mostram uma diminuição na violência do local já que historicamente o bairro tem uma média de cerca de doze assaltos por mês. Já a média mensal de homicídios é de 1,3. Os dados foram divulgados hoje (terça) pela Policia Militar. Segundo o tenente responsável pela UPS Parolin, Guilherme Ovçan, o objetivo é aproximar o policiamento da população. Outros dados apresentados mostram que do dia sete de maio até o começo de junho os policiais abordaram mais de mil e cem pessoas no Parolin. Também foram cinquenta e cinco ocorrências registradas no atendimento via 190. Cerca de 30 policiais fazem o policiamento no Parolin. Segundo o subcomandante geral da PM, César Alberto Souza, o número de policiais atuantes no bairro deve se manter nos próximos meses.   A primeira UPS foi instalada no bairro Uberaba em março. Desde a implantação até junho foram registrados três homicídios no local. Até o final do ano, mais oito bairros de Curitiba devem receber Unidades Paraná Seguro, de acordo com o governo do Estado.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*