Neve em Curitiba completa 37 anos

Na foto Pedro Girardi e Ivone Olinki Girardi no dia 17 de julho de 1975, às 11h da manhã. O registro foi feito na esquina da Alameda Dr. Muricy com a Pedro Ivo.

Há exatamente 37 anos nevou em Curitiba. O dia 17 de julho de 75 não sai da memória dos curitibanos. A população virou criança e a cidade parou. O centro da cidade, as ruas, os parques viraram cenário de filme. Saudosista, o empresário Marcos Coutinho conta que não sabia o que fazer quando viu os flocos caindo do céu. Depois de alguns segundos de deslumbramento ele pegou a máquina fotográfica para registrar as imagens da cidade pintada de branco.

O inverno chega e as lembranças daquela data mágica voltam à memória dos Curitibanos. As temperaturas caem e intimamente muita gente torce para que volte a nevar. O empresário que pegou gosto pela fotografia depois do dia em que nevou em Curitiba, já tem planos para registrar a neve com os equipamentos digitais. Isso se o fenômeno improvável voltar a acontecer.

Enquanto muita gente torce para que volte a nevar em Curitiba, os meteorologistas são bem realistas. A neve é formada em condições bem específicas de umidade e temperatura. São cristais de gelo perfeitamente alinhados, formados em uma cristalização lenta. Se congelar rapidamente vira granizo. Considerando a poluição e o efeito estufa, é ainda mais improvável que o fenômeno volte a acontecer.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*