Número de acidentes e mortes em rodovias federais diminui no Paraná

(Foto: divulgação/PRF)

O Paraná teve 228 mortes em acidentes nas rodovias federais que cortam o estado nos primeiros seis meses de 2018. O número é 32% menor em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram registradas 335 vítimas fatais. O índice de feridos também diminuiu, de 4.767 para 4.037 – uma baixa de 15,3%. Os dados foram divulgados no balanço semestral da Polícia Rodoviária Federal do Paraná. A redução nos indicadores de vítimas tem relação com a queda no número de acidentes em si.

Enquanto nos primeiros seis meses de 2017, 5.415 acidentes foram atendidos pelas equipes da PRF, no mesmo período de 2018 foram 4.092. A redução é de 24,4%. O chefe de comunicação da Polícia Rodoviária Federal, Fernando Oliveira, acredita que as punições mais rigorosas para situações de imprudência tenham ajudado nessa diminuição.

A falta de atenção de motoristas e pedestres, o excesso de velocidade, a desobediência às normas de trânsito e embriaguez ao volante são as cinco principais causas presumíveis de acidentes que resultaram em morte. Para Oliveira, boa parte dessas ocorrências poderiam ser evitadas.

Entre janeiro e junho deste ano, as equipes da PRF flagraram 1.820 motoristas dirigindo sob efeito de bebidas alcoólicas, 11 mil manobras irregulares de ultrapassagem e 115 mil veículos acima da velocidade máxima permitida. A expectativa da PRF é de que, nos próximos meses, esse número seja reduzido.

 

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*