Produção de álcool vai cair

A produção de álcool no Paraná cairá entre 12% e 15% este ano, se comparado ao ano passado. De acordo com o superintendente da Alcopar (Associação dos Produtores de Bioenergia do Paraná), Adriano da Silva Dias, três usinas de cana de açúcar pararam a produção por conta das incertezas no setor causadas pela seca e pela falta de políticas públicas: a Usina de Goioerê, a Carol de Rolândia e a Casquel, de Cambará.

A baixa taxa de renovação das plantações pressionou para baixo os rendimentos de cana-de-açúcar. Resultado: mais de cinco milhões de toneladas deixaram de ser produzidas no estado nos últimos três anos.

Adriano da Silva Dias diz que o governo federal ainda privilegia a gasolina. Os últimos investimentos industriais no setor sucroenergético no Paraná, segundo a Associação, ocorreram há três anos.

O Paraná que já foi o segundo produtor de álcool no Brasil, hoje ocupa a quarta posição, perdendo para São Paulo, Minas Gerais e Goiás.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*