Promotoria de Justiça move ação contra dez vereadores em Santa Helena

A Promotoria de Justiça de Santa Helena ajuizou ação civil pública contra dez vereadores, o diretor da Câmara e três assessores por supostos gastos com diárias para viagens que não seriam de interesse público. Foi aberto inquérito civil público para apurar os durante o período de janeiro de 2009 a novembro de 2011. Teria sido comprovado o gasto de 348,6 mil reais em diárias entre 2009 e 2011, com dados oficiais do Legislativo Municipal. Além de pedir condenação por improbidade administrativa, o Ministério Público quer o ressarcimento integral do dano ao erário, a perda da função pública por parte dos vereadores e a suspensão dos direitos políticos dos envolvidos pelo prazo de oito a dez anos.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*