Rodrigo Rocha Loures é transferido para o Presídio da Papuda, em Brasília

Foto: Divulgação – arquivo

O ex-deputado Rodrigo Rocha Loures foi transferido nesta quarta-feira, 7, da Superintendência da Polícia Federal em Brasília para o Presídio da Papuda, na capital federal.

Após ter o pedido de liberdade negado pelo Supremo Tribunal Federal, a defesa de Loures pediu para que ele tenha assegurado o direito de não ter a cabeça raspada.

No texto, os advogados citam o exemplo de Eike Batista, que teve a cabeça raspada em janeiro deste ano ao ser transferido para um presídio no Rio de Janeiro. Rocha Loures foi filmado pela Polícia Federal recebendo uma mala com R$ 500 mil em propina que teria sido entregue por um dos executivos da JBS.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*