Ruas acumulam gelo após pancada de chuva em Curitiba

Uma pancada de chuva que durou cerca de 10 minutos hoje (quinta) no início da tarde causou transtornos em pelo menos 10 bairros de Curitiba. Não há registro de alagamentos considerados graves. A tempestade veio acompanhada de granizo e vários carros deixaram de transitar para evitar acidentes no momento da chuva.

As imagens mais impressionantes do gelo acumulado foram registradas no bairro Rebouças, em Curitiba. A camada de gelo chegou a 30 centímetros em algumas ruas. Entre os bairros atingidos estão Rebouças, Prado Velho, Água Verde, Centro, Alto da XV, Batel, Bacacheri, Portão, Capão da Imbuia e Cajuru.

A chuva forte também com registro de granizo também atingiu Pinhais, São José dos Pinhais, Contenda, e outros municípios da Região Metropolitana.

De acordo com a Prefeitura de Curitiba, a chuva que atingiu na madrugada desta quinta-feira (6), teve rajadas de vento com picos de 35 km no período e acúmulo médio de 16,98 milímetros. O bairro mais atingido foi o Atuba, com 25,8 milímetros.

Apesar do volume, não foram registrados pedidos de atendimento em equipamentos públicos ou privados pelos órgãos de monitoramento da Defesa Civil. Na UPA Campo Comprido, houve problemas na calha, mas sem afetar equipamentos e atendimentos.

Os transtornos maiores foram causados pelo granizo registrado por volta da uma hora da tarde em diferentes pontos da cidade, com maior incidência nos bairros Rebouças, Santa Felicidade e região central.

Alguns equipamentos públicos foram atingidos, sem que houvesse interrupção de atendimentos. Houve pontos de alagamento em Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs), como no refeitório da CMEI Curitiba, secretaria e pátio de acesso às salas do térreo do CMEI Vila Torres e nos corredores do CMEI Marechal Rondon.

Também houve registro de alagamento na Casa de Passagem para Mulheres e LGBT, no Rebouças, e nas Unidade de Saúde do Capanema e Ouvidor Pardinho. No CMEI Augusta, houve infiltração de água da chuva nas paredes.

Telhas foram danificadas no CMEI São Leonardo. No CMEI Trindade, o alagamento de salas de aula levou ao remanejamento de 30 crianças para outras salas. De acordo com a Urbs, dois pontos na região do Rebouças foram inteiramente bloqueados por conta da grande quantidade de pedras de gelo: Rua Alferes Poli, entre as ruas Almirante Gonçalves e Brasílio Itiberê, e na Rua Brasílio Itiberê, entre as ruas Piquiri e João Negrão.

Agentes da Secretaria Municipal de Trânsito estão nesses locais para orientar os motoristas. Um outro cruzamento, também ficou coberto com granizo, mas com tráfego em meia pista, nas ruas Almirante Gonçalves e João Negrão. Equipes da limpeza pública removeram o granizo acumulado na região.

Fotos enviadas via WhatsApp por ouvintes da BandNews FM:

 

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*