Secretário Municipal da Copa garante que não haverá atrasos nas obras da Arena da Baixada

As obras na Arena da Baixada para a Copa não vão atrasar por causa da suspensão dos repasses públicos determinada pelo Tribunal de Contas do Paraná. A garantia é do secretário municipal para assuntos do Mundial, Luiz de Carvalho. O TCE cobrou mais transparência na reforma do estádio. O prazo final para as mudanças é o dia 31 de maio. De acordo com o secretário, todas as obras na cidade, inclusive a Arena, vão ser entregues dentro do prazo. Com relação as desapropriações no entorno da Arena que foram questionadas pelo Tribunal de Contas, o secretário Luiz de Carvalho diz que no total serão quinze imóveis. Segundo ele, a maioria dos moradores colaborou com a Prefeitura para deixar os locais. Ao todo, serão desapropriados 8.150 metros quadrados nas quatro ruas no entorno da Arena: a Getúlio Vargas, a Buenos Aires, a Brasílio Itiberê e a Coronel Dulcídio. O secretário também comentou sobre o adiantamento de 30 milhões de reais que o Atlético solicitou à Prefeitura. Ele explica que isso se refere a emissão de parte do potencial construtivo para que o clube possa viabilizar os recursos da obra. A reforma na Arena deve custar em torno de 180 milhões de reais.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*