Sindicato de Escolas Particulares é contra novo modelo do Fies

Imagem ilustrativa

O Sinepe, Sindicato das Escolas Particulares do Paraná, se manifestou contra o novo Fies, o Financiamento Estudantil, reformulado pelo governo federal. O sindicato sugere que as universidades particulares não entrem no sistema. Segundo o Sinepe, o modelo é ruim porque cancela as garantias do governo federal e determina que as instituições financeiras façam os repasses dos valores para as universidades, que assim perdem controle sobre inadimplências. O Sinepe afirma que “essas novas condicionantes impostas agridem as instituições. Como resultado prático penalizam a sociedade e os alunos, que são oriundos do ensino público e não têm condições econômicas para custear o ensino superior”.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*