Transporte utilizando trens é 70% mais caro do que o de caminhões no Paraná

Esta é a constatação de pesquisadores da USP. Eles desenvolveram um programa que simula os fretes ferroviários e rodoviários em todo o país. A principal perda do Estado é que diminui a competitividade do produto brasileiro no mercado externo e interno. O estudo faz parte do Projeto Jamaica, que envolve o ESALQ-Log e a Federação de Agricultura do Estado do Paraná (FEAP), apoiada pela Associação de Produtores de Bionergia do Estado do Paraná (Alcopar) e pela Organização de Cooperativas do Estado do Paraná (Ocepar).

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*