Um milhão de processos digitais são cadastrados no TJ/PR

Foi atingida a marca de um milhão de processos judiciais digitalizados no Paraná por meio do Projudi, que é o programa de tramitação de processos judiciais. O software representa uma economia de um milhão de reais mensais, já que cada processo em papel – entre capa, grampos, papel, tinta, e manejo funcional – custa em média vinte reais. Além da economia, a digitalização representa mais agilidade nas ações. Em alguns casos, a audiência pode ser marcada em menos de dez dias. O Projudi está instalado em todas as comarcas do estado e recebe mais de 50 mil processos por mês, o que representa mais da metade de todos os processos tramitados no Paraná. Cerca de 70 mil usuários, que são advogados, funcionários do Tribunal de Justiça, magistrados, procuradores e promotores estão cadastrados no sistema, e são habilitados a fazer consultas a processos judiciais de qualquer lugar com acesso a internet.

Por enquanto, são atendidos pelo Projudi os Juizados Especiais Cível, Criminal e Fazenda Pública; a Vara de Família Infância e Juventude e também Turmas Recursais.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*