CuritibaGeral

Protesto pede que ambulantes possam atuar no pré-carnaval de Curitiba

Segundo blocos, trabalhadores são fundamentais para atender a demanda de foliões

 Protesto pede que ambulantes possam atuar no pré-carnaval de Curitiba

Foto: Sérgio Ubiratã/Arquivo Pessoal

Representantes de blocos de pré-carnaval de Curitiba fazem um manifesto pedindo que ambulantes sejam autorizados a trabalhar nos eventos. Nessa segunda-feira (15), manifestantes se reuniram para um protesto em frente à prefeitura. Nas redes sociais, os blocos também emitiram notas com a reinvindicação. Na cidade, um decreto de 1983 proíbe a atuação de ambulantes no Setor Histórico de Curitiba.

Veja mais:

O Largo da Ordem, contudo, costuma ser o ponto de concentração dos blocos e ensaios pré-carnavalescos. O tesoureiro do bloco Garibaldis e Sacis, Sérgio Ubiratã, esteve presente no protesto em frente à prefeitura. Ele relatou que houve ação truculenta da prefeitura contra ambulantes no último fim de semana.

Renata Dutra, da comissão de blocos de carnaval de rua de Curitiba, ressalta que a estrutura existente no local não consegue atender toda a demanda.

Ela ainda frisa que os vendedores ambulantes movimentam a economia local. Por conta da situação e do período do ano, com o pré-carnaval já em andamento, uma das soluções apontadas é definir uma medida de caráter provisório, como explica o tesoureiro do Garibaldis e Sacis.

Neste processo, os blocos tentam negociações com a prefeitura. Uma reunião inclusive aconteceu. De acordo com Renata, uma sugestão é um cadastro para que os ambulantes possam atuar no pré-carnaval.

A reportagem entrou em contato com a prefeitura. Em nota, a Secretaria Municipal do Urbanismo de Curitiba (SMU) informou que o comércio ambulante é permitido na cidade mediante autorização expedida pela SMU. Para isto, o local de desejo do ambulante é avaliado levando em consideração diretrizes preestabelecidas pela legislação municipal, como acessibilidade e segurança viária da área, horário e tipo de produto.

A venda de bebidas alcoólicas é proibida, e em relação ao comércio de produtos alimentícios por ambulantes, é necessário comprovar a realização de Curso de Manipulação de Alimentos. Na nota, a prefeitura ainda orienta que interessados em obter a autorização para comércio ambulante precisam ser moradores de Curitiba e solicitar a autorização por meio de agendamento online (agendaonline.curitiba.pr.gov.br).

Reportagem: Bárbara Hammes

Avatar

Izabella Machado

77 novos casos de dengue são confirmados em Curitiba 

77 novos casos de dengue são confirmados em Curitiba 

Em 2024, são 426 casos confirmados na capital paranaense

Camomila de Mandirituba ganha indicação geográfica

Camomila de Mandirituba ganha indicação geográfica

Erva desidratada produzida no município foi reconhecida pelo INPI, na modalidade de Indicação de Procedência.

MON ganha nova exposição nesta quinta-feira (29)

MON ganha nova exposição nesta quinta-feira (29)

"Antes e agora, longe e aqui dentro” traz um diálogo com o acervo do museu

Grande Prêmio Curitiba de Ciclismo ocorre em março

Grande Prêmio Curitiba de Ciclismo ocorre em março

Parque Náutico vai sediar a 34ª edição da competição; inscrições vão até dia 11/3