ParanáGeral

Após ser liberada, BR-376 tem lentidão na região da Serra

Trecho do deslizamento está em pista simples, em ambos os sentidos

 Após ser liberada, BR-376 tem lentidão na região da Serra

Foto: Divulgação/PRF

Depois da liberação parcial da BR-376, em Guaratuba, no Litoral, motoristas encontram muita lentidão no trecho onde ocorreu o deslizamento de terra na última semana.

Veja mais:

Segundo a concessionária Arteris Litoral Sul, são mais de 13 quilômetros de lentidão no sentido Curitiba e cerca de 20 quilômetros para quem vai em direção a Santa Catarina. O fluxo é mais lento, principalmente, por um trecho de 800 metros, no local do deslizamento, onde a rodovia segue com apenas uma faixa liberada, em cada sentido.

Vídeo: divulgação/PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) coordena a operação de retomada do fluxo, com viaturas e carros de apoio da concessionária, para orientar o trânsito e manter sinalizada toda a extensão da serra. A expectativa é que o tráfego se mantenha carregado em toda a extensão da rodovia, entre Curitiba e Joinville, por causa do grande número de veículos que devem acessar a estrada.

Em caso de emergência, você pode entrar em contato com a PRF, pelo telefone 191, ou com a concessionária, pelo telefone 0800-725-1771.

Reportagem: Leonardo Gomes.

felipe.costa

Clima reduz, mas previsões indicam expectativa de boa safra

Clima reduz, mas previsões indicam expectativa de boa safra

Neste verão, devem ser alcançadas 24 milhões e setecentas mil toneladas no Paraná

BR-376: 12 quilômetros de fila, no sentido Santa Catarina

BR-376: 12 quilômetros de fila, no sentido Santa Catarina

Fila estava concentrada em Guaratuba, no Litoral do Paraná

BR-277: 8 quilômetros de fila em Morretes, no sentido Paranaguá

BR-277: 8 quilômetros de fila em Morretes, no sentido Paranaguá

Permanece o desvio operacional, na Serra do Mar, no quilômetro 42