Esportes

Cães da PM do Paraná vão trabalhar na detecção de explosivos durante as Olimpíadas

Foto: PM-PR
Foto: PM-PR

Três cães da Polícia Militar do Paraná e os policiais condutores deles vão fazer parte da segurança dos Jogos Olímpicos, do Rio de Janeiro. Eles vão trabalhar na detecção de explosivos nos locais de competição e também nos espaços de estadias dos atletas. Os cães e os policiais embarcaram para o Rio nesta segunda-feira (04) e ficam lá até o fim dos Jogos Paralímpicos.

Segundo o comandante da Companhia de Operações com Cães, capitão Paulo Silo, há somente quatro cachorros com essas habilidades na região sul do Brasil.

Os cães são analisados desde o nascimento para que sejam identificadas as habilidades e em qual área de segurança pública podem ser empregados.

Em cerca de um ano e meio, o animal passa por várias etapas, incluindo exercícios de adestramento, caça, obediência e a doutrina específica, para estar pronto e iniciar o trabalho nas ruas.

Um dos cachorros é um pitbull de quase dois anos. Ele ficará mais focado no policiamento ostensivo. Os outros dois são da raça pastor belga e vão trabalhar na detecção de substâncias explosivas.

Band News Curitiba - 96,3 FM

A BandNews Curitiba está na cidade desde 2006. A emissora caiu no gosto do curitibano e, atualmente, está entre as dez rádios mais ouvidas da cidade.

Goleiro do Athletico brilha. Brasil garante vaga no Mundial Sub-20

Goleiro do Athletico brilha. Brasil garante vaga no Mundial Sub-20

Eleito melhor em campo contra o Paraguai, goleiro celebra vaga

Filho de Pelé pede demissão duas vezes em quatro dias

Filho de Pelé pede demissão duas vezes em quatro dias

Após voltar atrás no pedido de demissão, Edinho se despede do elenco pela segunda vez

Athletico realiza último treino antes de clássico

Athletico realiza último treino antes de clássico

Furacão recebe o Coritiba neste domingo (5), na Arena da Baixada