ParanáTrânsito

Carnaval: operação reforça policiamento nas rodovias do Paraná

O objetivo da PRF é reduzir os acidentes e a violência no trânsito

 Carnaval: operação reforça policiamento nas rodovias do Paraná

Foto: PRF

Com o objetivo de reduzir os acidentes e a violência no trânsito, as rodovias federais do Paraná ganham um reforço nas atividades operacionais.

A Operação Carnaval da PRF (Polícia Rodoviária Federal) terá seis dias, começando a partir de sexta-feira (9), data em que muitos motoristas devem pegar a estrada para o litoral, interior e outros destinos.

O foco dos agentes deve ser em ações que previnam as condutas que mais matam no trânsito, como excesso de velocidade, ultrapassagens proibidas e o uso de bebidas alcoólicas.

Segundo o porta-voz da Polícia Rodoviária Federal no Paraná, Maciel Junior, o feriado de Carnaval é o que mais exige atenção das autoridades de trânsito.

Por ser um período de festas em que o abuso do álcool costuma ser mais tolerado, o folião que também é motorista corre mais riscos caso não esteja atento ao comportamento:

O policial rodoviário federal alerta que não existe tolerância, nem níveis seguros para misturar álcool e direção. Qualquer quantidade é suficiente para alterar a capacidade mental e motora do condutor:

Para aumentar a segurança no trânsito, trechos com pistas simples terão restrição de tráfego para alguns tipos de caminhões e pesados que precisam de autorização especial para trafegar.

A limitação será imposta nos dias de maior movimento. Na saída para o feriado, a restrição é válida na sexta-feira, das 16h às 22h, e no sábado, das 6h às 12h.

Veja mais:

Além da segurança, a operação também tem o objetivo de melhorar a fluidez do trânsito nos trechos menos estruturados e com maior movimento:

Conforme as orientações da Polícia Rodoviária Federal, antes de viajar, é obrigação dos motoristas verificar as condições do carro.

O check-up deve priorizar os itens de segurança, como o sistema de freios, as condições dos pneus e os sistemas de iluminação e sinalização.

Planejar a viagem, conhecer os pontos de descanso e alimentação, ter rotas alternativas e sair com antecedência também são formas de garantir uma viagem mais segura e menos estressante.

Antes de sair, o motorista também deve se informar sobre as condições das estradas.

CARNAVAL NO PARANÁ

No Paraná, o Carnaval deve colocar mais de um milhão de pessoas em deslocamento. A maior folia deve ser com os trios elétricos do litoral, que tradicionalmente atraem público de Curitiba e de todo o estado.

Em Guaratuba, a estimativa da prefeitura é receber meio milhão de pessoas. O município de Matinhos deve receber 300 mil foliões e Antonina, 100 mil.

No interior, os principais destinos devem ser Tibagi, nos Campos Gerais, Maringá e Londrina, na região norte.

Reportagem: Angelo Sfair

Avatar

Izabella Machado

BR-376 é liberada após acidente entre três caminhões

BR-376 é liberada após acidente entre três caminhões

Rodovia ficou cerca de uma hora e meia totalmente bloqueada, no sentido Santa Catarina