CuritibaGeral

Impostos zerados começam a refletir no preço dos combustíveis

Em Curitiba, o litro do combustível pode ser encontrado a R$ 6,77 nesta segunda (27)

 Impostos zerados começam a refletir no preço dos combustíveis

Foto: Leonardo Gomes/BandNews FM Curitiba

Com impostos federais zerados, os combustíveis começam a ficar mais baratos e a economia é sentida na prática pelos motoristas. Em Curitiba, postos já praticam novos preços desde ontem (domingo, 26) e comercializam a gasolina, por exemplo, abaixo dos R$ 7.

No bairro Boa Vista, motoristas fizeram fila hoje (segunda-feira, 27) para abastecer o carro com valores semelhantes aos praticados no início do ano. O professor aposentado João Siqueira se surpreendeu ao encontrar o litro da gasolina sendo vendido a R$ 6,77 e resolveu encher o tanque. Ele conversou com a reportagem.

O preço encontrado pelo professor chega a representar uma redução de cerca de 10% no valor do litro da gasolina, em uma semana. Conforme a Agência Nacional do Petróleo (ANP), entre os dias 19 e 25 deste mês, consumidores de Curitiba pagavam em média R$ 7,54 pelo combustível.

O preço do etanol também mostra recuo nas bombas após a sanção do teto do ICMS. Nesta segunda-feira (27), postos comercializam o combustível a partir de R$ 4,99. Na última semana, o preço médio do litro era de R$ 5,54. Diante do valor mais baixo, o vigilante Anderson Alexandre resolveu abastecer a moto com álcool. Apesar da baixa, o combustível ainda continua caro na visão dele, que prefere deixar o carro na garagem e utilizar a moto.

O litro do diesel também reduziu, porém, em proporções menores. Nesta segunda-feira (27), o combustível pôde ser encontrado a R$ 6,99 – uma queda de 4% com relação a semana passada. Conforme relatório da ANP, o preço médio do diesel em Curitiba era de R$ 7,29.

Qual o motivo das quedas?

As reduções generalizadas, mesmo com alta da inflação e defasagem com relação ao valor praticado no exterior, são reflexos da Lei Complementar que zerou temporariamente os tributos federais: PIS, COFINS e CIDE sob os combustíveis. Conforme a Paranapetro (Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis Derivados de Petróleo – Paraná), as distribuidoras, de uma forma geral, começaram a repassar gradualmente aos postos os novos valores.

Para os próximos dias são esperadas mais baixas, uma vez que o Paraná deve diminuir as alíquotas do ICMS sob os combustíveis. A redução ocorrerá em cumprimento a Lei Complementar sancionada na última semana pelo Governo Federal. Segundo a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa), extraoficialmente, as novas alíquotas devem ser iguais ao teto definido pela lei (18% para a gasolina).

Reportagem: Leonardo Gomes

leonardo.gomes

Van que levava professores foi arrastada após batida

Van que levava professores foi arrastada após batida

O caminhoneiro fez o teste do bafômetro que deu resultado negativo para a ingestão de

Vale da Música tem programação especial na Ópera de Arame

Vale da Música tem programação especial na Ópera de Arame

Para realizar a inscrição basta enviar uma mensagem para o perfil do festival no Instagram

Representes da Guarda Municipal formalizam criação de consórcio

Representes da Guarda Municipal formalizam criação de consórcio

Com a parceria será possível captar mais recursos de convênios e emendas parlamentares

Anatel confirma liberação do sinal 5G para Curitiba até terça-feira

Anatel confirma liberação do sinal 5G para Curitiba até terça-feira

A previsão é que o sinal seja liberado até o dia 16 de agosto