Dois mil adolescentes paranaenses são menores aprendizes

 Dois mil adolescentes paranaenses são menores aprendizes

Foto: Cesar Brustolin/SMCS

xv-de-novembro-prefeitura

Dois mil adolescentes paranaenses estão inclusos no mercado de trabalho como menor aprendiz e constam no cadastro do Centro de Integração Empresa-Escola, o CIEE. No entanto, nem todas as empresas seguem uma lei federal que determina que pelo menos 5% dos postos de emprego sejam ocupados pelos jovens que ainda não tem experiência profissional.

Cerca de 12 mil adolescentes estão inscritos no programa Menor Aprendiz no CIEE e aguardam uma vaga nas empresas.

A Gerente de Capacitação e Cidadania da central, Simone Paulin, acredita que falta sensibilidade por parte de muitos empresários que ignoram a legislação em vigor há 7 anos.

Pode ser menor aprendiz todo jovem que tenha entre 14 e 24 anos incompletos, cursando o ensino fundamental ou médio.  O contrato de aprendizagem tem duração máxima de dois anos, anotação na Carteira de Trabalho e inclusão na Previdência Social. O adolescente tem todos os direitos trabalhistas garantidos, como o décimo terceiro salário e as férias, que devem coincidir com o período de recesso escolar.

A jornada de trabalho do menor aprendiz não pode ultrapassar seis horas diárias. Na maioria das vezes ela é de 4 horas por dia. Além de conhecer a realidade do mercado de trabalho, o jovem recebe capacitação em cursos oferecidos pelo CIEE.

Mais informações sobre o programa Menor Aprendiz estão no site: cieepr.org.br.

Band News Curitiba - 96,3 FM

A BandNews Curitiba está na cidade desde 2006. A emissora caiu no gosto do curitibano e, atualmente, está entre as dez rádios mais ouvidas da cidade.

Cursinho da Região Metropolitana de Curitiba está com vagas abertas

Cursinho da Região Metropolitana de Curitiba está com vagas abertas

Aulas com foco no Enem e no vestibular da UFPR voltam a ser realizadas presencialmente

3 pessoas se afogam e precisam ser socorridas em Caiobá

3 pessoas se afogam e precisam ser socorridas em Caiobá

Adolescentes foram retirados do mar conscientes e passam bem