Exigência do uso de novos extintores veiculares é prorrogada por mais 90 dias

Foto: Divulgação/Detran PR
Foto: Divulgação/Detran PR

Depois de ter adiado a exigência do uso dos extintores veiculares tipo ABC no início do ano, o Ministério das Cidades decidiu prorrogar esse prazo por mais 90 dias. Agora, os motoristas têm até o dia 1º de julho para se adequarem à nova regra. A determinação, que foi acatada pelo Contran, o Conselho Nacional de Trânsito, foi anunciada nesta quarta-feira (11). Mesmo assim, os motoristas seguem preocupados em adquirir logo o equipamento, que continua em falta em várias lojas. Como em uma rede de autopeças que atua em vários pontos de Curitiba e também nas cidades de Campo Largo, Fazenda Rio Grande e São José dos Pinhais, na região metropolitana, Maringá, no noroeste, e Londrina, no norte. Segundo o gestor Francisco Carlos Pasian, o equipamento é “artigo de luxo” em todas as unidades da empresa. Ele conversou com Daiane Andrade.

Inicialmente, a data limite estabelecida para os motoristas se adequarem à norma foi 1º de janeiro de 2015. A determinação foi estipulada pela resolução 333/2009 do Contran. Em seguida, o prazo foi prorrogado para 1º de abril pela resolução 516/2015 e, agora, foi estendido novamente. O aumento no prazo se deve justamente à dificuldade dos motoristas em encontrarem o produto no mercado. O gestor ouvido pela BandNews alerta ainda para que o consumidor fique atento para não adquirir equipamentos falsificados.

O extintor do tipo “ABC” é capaz de conter chamas em estofados, tapetes e painéis – os antigos da categoria “BC” são eficazes somente contra chamas em equipamentos elétricos ou provocadas por líquidos inflamáveis. Precisam substituir o produto apenas os donos de carros fabricados até o ano de 2004. Os carros feitos a partir de 2005 já têm o novo modelo. Após o fim do prazo de adequação, a ausência do equipamento vai ser punida com multa de 127 reais e 69 centavos mais a inscrição de cinco pontos na carteira de habilitação e retenção do veículo.

Band News Curitiba - 96,3 FM

A BandNews Curitiba está na cidade desde 2006. A emissora caiu no gosto do curitibano e, atualmente, está entre as dez rádios mais ouvidas da cidade.

Incêndio atinge ao menos 20 casas na região do Parolin, em Curitiba

Incêndio atinge ao menos 20 casas na região do Parolin, em Curitiba

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a ocorrência foi registrada por volta das 2