ParanáGeral

Força nacional de segurança continua em Guaíra após novos conflitos

Três indígenas foram baleados e um pescador da região foi ferido

 Força nacional de segurança continua em Guaíra após novos conflitos

Foto: Ari Dias/ AEN

Um reforço na segurança nas áreas de disputa de terra entre indígenas e agricultores em Guaíra, no oeste do Paraná, foi autorizado pelo Ministério da Justiça, após novos conflitos. A cidade concentra um dos maiores volumes de áreas urbanas e rurais ocupadas.

O conflito mais recente ocorreu no último dia 10 de janeiro e ocorreu em um espaço no perímetro urbano invadido no fim de 2023. No dia, três indígenas foram baleados e um pescador da região foi ferido.

O secretário de segurança pública do Paraná, Coronel Hudson Teixeira, está na região e vai realizar uma reunião com as lideranças dos dois lados

Veja mais:

armas conflito guaíra paraná indígenas agricultores
Foto: reprodução/ PMPR

Nesta segunda-feira (15), o vice-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Edson Fachin, determinou a intervenção da Comissão Nacional de Soluções Fundiárias do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para tentar encontrar uma solução dos conflitos na região.

Reportagem: Lucas Marconsoni

Avatar

Frederico Machado

Último projeto de Niemeyer, Unila vai receber R$ 750 milhões

Último projeto de Niemeyer, Unila vai receber R$ 750 milhões

Investimento vai ser custeado pela Itaipu. Obras terão entregas ao longo dos próximos três anos

Professora é afastada suspeita de colar a boca dos alunos com fita

Professora é afastada suspeita de colar a boca dos alunos com fita

Pelo menos 5 crianças relataram para os pais a atitude da professora para manter o

Governo estadual oferece 1.200 vagas para programa de intercâmbio estudantil

Governo estadual oferece 1.200 vagas para programa de intercâmbio estudantil

Entre os critérios de seleção do programa estão o desempenho acadêmico do ano anterior