CuritibaGeral

Homem morre após ataque de pitbull no Pilarzinho

De acordo com a Polícia Militar, o animal mordeu o pescoço da vítima

 Homem morre após ataque de pitbull no Pilarzinho

Foto: Anderson Martins

Um homem, de 60 anos, morreu depois de ser atacado por um cão da raça pitbull, no bairro Pilarzinho, em Curitiba. O caso aconteceu na tarde desta quarta-feira (30). Segundo informações dos moradores, o cachorro teria fugido quando o portão da casa abriu na hora do temporal. De acordo com a Polícia Militar, que atendeu a ocorrência, o animal mordeu o pescoço da vítima.

O homem, que estava em situação de rua, recebeu atendimento médico do Corpo de Bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu no local. Segundo a PM, o animal continuou agarrado ao pescoço da vítima mesmo após a chegada dos socorristas. O homem era conhecido como Vermelho pelos moradores e comerciantes da região. A dona de casa, Derosi Viero, presenciou a cena. Ela conta para a TV Band que o cachorro fugiu da casa, atacou o homem, que estava atravessando a rua, e só soltou o pescoço da vítima quando o dono apareceu.

O caso foi registrado na Rua David Hume, esquina com a Rua Amauri Langue Silverio. O dono do cachorro foi encaminhado para a Central de Flagrantes da Polícia Civil do Paraná.

Band News Curitiba - 96,3 FM

A BandNews Curitiba está na cidade desde 2006. A emissora caiu no gosto do curitibano e, atualmente, está entre as dez rádios mais ouvidas da cidade.

Seis pessoas caem de caminhão de som

Seis pessoas caem de caminhão de som

As vítimas participavam de ato político, quando a lateral do caminhão cedeu, segundo Bombeiros

Apoiadores de Bolsonaro realizam manifestação no Parque Barigui

Apoiadores de Bolsonaro realizam manifestação no Parque Barigui

Apoiadores de Bolsonaro realizam manifestação no Parque Barigui

Dia de São Francisco de Assis terá Bênção dos Animais

Dia de São Francisco de Assis terá Bênção dos Animais

Evento acontece no dia 04, entre capela e a biblioteca da PUC-PR

Após indiciamento, defesa de blogueira considera possível homicídio

Após indiciamento, defesa de blogueira considera possível homicídio

Advogado de Cássia Vialli Martins não descarta o crime na forma culposa, de pena menor