Intenção de consumo das famílias paranaenses se manteve em setembro

O consumo das famílias paranaenses não deve subir neste mês de setembro. É o que aponta o indicador de intenção de consumo das famílias, elaborado pela Confederação Nacional de Comércio de Bens, Serviços e Turismo e que divulgado pela Fecomércio Paraná. O indicador permaneceu com 103,3 pontos – o mesmo de agosto de 2018.

De acordo com o diretor de planejamento e gestão da Fecomércio Paraná, Rodrigo Rosalen, mesmo com o índice estável, o número está acima do registrado em setembro do ano passado. O que aponta um cenário ainda positivo para a economia.

O Paraná tem o índice acima também do nacional que é de 86,9 pontos. Na prática, o índice mostra que não deve haver crescimento no comércio do estado. Dentro da pesquisa, ainda há subindicadores para a perspectiva de compra a prazo que mostraram uma variação mensal positiva, com aumento de 5%.

Por outro lado, a situação do emprego ainda preocupa os paranaenses. A segurança no trabalho caiu 1,8%.

O momento para Compra de Bens Duráveis, que geralmente são de valor mais alto e envolvem endividamento, também não é considerado adequado para 46,8% dos consumidores entrevistados.

Reportagem: Alexandra Fernandes

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*