ParanáGeral

Mais de 100 mandados são cumpridos pelas polícias do Paraná

Alvos estavam espalhados por todo o Brasil; são suspeitos de tráfico de drogas e homicídios

 Mais de 100 mandados são cumpridos pelas polícias do Paraná

Foto: PMPR

Integrantes de uma organização criminosa espalhada por todo o Brasil, e ligada ao tráfico de drogas, homicídios e furtos, foram alvos das polícias Civil, Militar e Penal nesta terça-feira (6). Foram cumpridos 53 mandados de busca e apreensão e 50 de prisão preventiva no Paraná, São Paulo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Santa Catarina.

Conforme as investigações, diversos crimes ocorridos em Quedas do Iguaçu, na região central do Paraná, estão ligados a disputas pelo domínio do tráfico de drogas. No ano passado, o município de pouco mais de 30 mil habitantes registrou 21 homicídios e 11 tentativas. O delegado de Polícia Civil, Laércio Rodrigues, explica que os assassinatos iniciaram em Quedas do Iguaçu depois que um grupo criminoso foi dividido.

Na ação de hoje, foram apreendidas seis armas de fogo, 36 celulares e uma pessoa morreu durante confronto. Para o secretário de Segurança Pública, coronel Hudson Leôncio Teixeira, o objetivo da operação foi alcançado: desarticular a organização criminosa no município.

Os crimes apurados envolvem homicídio consumado e tentado, tráfico de drogas, associação para o tráfico, roubo agravado, furto qualificado e feminicídio.

Reportagem: Mirian Villa

Avatar

Giovanna Retcheski

UFPR é eleita sexta melhor universidade do país

UFPR é eleita sexta melhor universidade do país

O Times Higher Education World University Rankings 2024 coloca a UFPR em 6º lugar no

Tempo segue abafado e instável no Paraná

Tempo segue abafado e instável no Paraná

A massa de ar aquecida e úmida segue presente sobre o Paraná neste sábado (24).

Estrutura de armazenamento pega fogo no Porto de Paranaguá

Estrutura de armazenamento pega fogo no Porto de Paranaguá

De acordo com o Corpo de Bombeiros, ninguém ficou ferido

Censo 2022: acesso a saneamento básico cresce no Paraná

Censo 2022: acesso a saneamento básico cresce no Paraná

Entretanto, mais de 3 milhões de pessoas não têm acesso à rede de esgoto