ParanáGeral

Moradores ficam ilhados em SJP e Campina Grande do Sul

Acessos da BR-277 ficaram alagados e vazão do Capivari teve recorde histórico

 Moradores ficam ilhados em SJP e Campina Grande do Sul

Campina Grande do Sul – Imagem: reprodução

Em São José dos Pinhais moradores relataram dificuldade para deixar a cidade pela BR 277 hoje pela manhã.

Veja mais:

Um dos principais acessos, pela Avenida Rui Barbosa ficou completamente alagado, dificultando a passagem de veículos, como conta a técnica em radiologia Helen Mendes.

A alternativa segundo a prefeitura de São José dos Pinhais, é a trincheira nova da rua Marechal Hermes, próximo à academia do Guatupê. Há 3 focos de alagamento na cidade, no Jardim Modelo, no Jardim Rio Branco e no Independência.

No São Marcos, a água baixou e as pessoas estão retornando às casas. Segundo o secretário de Segurança de São José dos Pinhais, cerca de 80 pessoas passaram a noite em dois abrigos estruturados pelo município.

Em Campina Grande do Sul, a situação é mais crítica na área rural, próximo aos rios que cortam a cidade. A quantidade de chuvas causou inundações. Além disso, foi aberto o reservatório da barragem da Usina Governador Parigot de Souza, por conta do nível elevado da água.

O coordenador municipal da Defesa Civil do município, Armando Figueiredo, indica que os bombeiros desceram a margem do rio Capivari ontem alertando as pessoas sobre o aumento rápido do nível do rio.

Foi resgatado nesta manhã um casal de idosos que estava em uma região onde o nível da água subiu mais. Além disso, as equipes estão dando suporte a moradores de Bocaiúva do Sul que moram na margem oposta do rio, mas que só tem acesso às casas por meio da margem de Campina Grande.

Vídeo: divulgação/Helen Mendes

Segundo análises preliminares da área de hidrologia da Copel, o rio Capivari registrou a maior vazão histórica nesta terça. Apesar de operar com as 4 máquinas em potência máxima a barragem precisou ser escoada, oq ue não acontecia desde 2016.

A interdição de uma ponte também foi solicitada pela Copel, passagem que não era afetada desde 2010.

Reportagem: Amanda Yargas.

felipe.costa

Acompanhe as condições do trânsito na BR-376 e na BR-277

Acompanhe as condições do trânsito na BR-376 e na BR-277

Permanece a interdição parcial, em Morretes, na Serra do Mar

Secretário da Fazenda é eleito vice-presidente do Comsefaz

Secretário da Fazenda é eleito vice-presidente do Comsefaz

O mandato de Renê Garcia Júnior vai até o final do ano que vem

Ônibus das Agências do Trabalhador pode ganhar reforço em 2023

Ônibus das Agências do Trabalhador pode ganhar reforço em 2023

Em 2022, 9.656 trabalhadores foram atendidos e 7.829 encaminhados para o mercado de trabalho

BR-277: tempo médio de viagem para Paranaguá permanece em 1h29min

BR-277: tempo médio de viagem para Paranaguá permanece em 1h29min

Desvio operacional segue ativo no quilômetro 42, em Morretes