CuritibaGeral

Pais denunciam problemas em colégio prestes a ter ensino integral

Falta de diálogo e dificuldades em acesso a itens básico estão entre as reclamações

 Pais denunciam problemas em colégio prestes a ter ensino integral

Foto: colaboração

Prestes a começar o ano letivo de 2024, pais e alunos do Colégio Estadual Máximo Atílio Asinelli, no Uberaba, em Curitiba, denunciam a falta de informações e as más condições do local. Segundo eles, a instituição passará a ter ensino integral, porém, nenhum detalhe de como as aulas vão funcionar foi divulgado. A tradutora Andrea Massula tem duas filhas matriculadas na escola, uma com 11 e outra com 13 anos. Ela conta que a mudança de ensino pegou todos de surpresa.

Tivemos acesso ao documento mencionado por Andrea. Trata-se de um comunicado assinado pela direção do colégio que confirma a mudança. Segundo o documento, a adoção do ensino integral foi tratada em uma reunião entre a instituição e representantes da Secretaria de Estado da Educação, em setembro de 2023.

Uma vistoria chegou a ser realizada no mês seguinte que teria verificado a estrutura do local para receber os alunos. Além disso, o comunicado diz que uma reunião com as equipes escolares ocorreria no final do ano e posteriormente os pais seriam informados sobre grade curricular, horário de entrada e demais especificações.

A técnica de enfermagem Dozia Svistak matriculou a filha recentemente no colégio e não imaginava que haveria essa mudança. Agora ela não sabe o que fazer.

Quem também denuncia a falta de estrutura do colégio é Rodrigo Porcini. Ele tem uma filha de 13 anos matriculada na instituição há dois anos e relata que os alunos não têm acesso ao básico.

Os pais denunciam ainda que há falta de diálogo entre instituição e comunidade escolar, já que apenas uma reunião foi feita no ano passado. Procurada, a Secretaria da Educação afirmou em nota que a adoção do ensino integral seguiu uma série de critérios, entre eles a estrutura física e de pessoal.

Veja mais:

Além disso, para a expansão, a Seed informou que conta com a parceria do Programa Federal Escola em Tempo Integral, que repassa recursos para investimentos. Em relação às informações aos pais sobre o funcionamento do novo modelo, a pasta informou que serão repassadas de forma gradual, em reuniões de pais e durante o acompanhamento do processo de aprendizagem dos filhos.

Reportagem: Leonardo Gomes

Avatar

Izabella Machado

Homem é preso acusado de produzir e compartilhar pornografia infantil

Homem é preso acusado de produzir e compartilhar pornografia infantil

A polícia foi acionada pelo WhatsApp, que percebeu a atitude suspeita do usuário

Delegada é investigada por trabalhar de forma remota no exterior

Delegada é investigada por trabalhar de forma remota no exterior

A servidora assinava documentos e exercia demais atribuições morando fora do país

Catedral de Paranaguá faz campanha para pedir fotos antigas

Catedral de Paranaguá faz campanha para pedir fotos antigas

Campanha faz parte do Projeto Marco Zero que é um plano arquitetônico de restauro