NacionalGeral

PF faz ação contra tráfico de mulheres para a Europa

De acordo com a PF, o grupo aliciava pessoas com o objetivo de explorá-las sexualmente

 PF faz ação contra tráfico de mulheres para a Europa

Foto: Tânia Rêgo – Agência Brasil

A Polícia Federal (PF) faz hoje (23) operação contra associação criminosa especializada no tráfico internacional de pessoas. De acordo com a PF, o grupo aliciava pessoas no Rio de Janeiro, com o objetivo de explorá-las sexualmente.

A PF começou a investigar o grupo depois que uma vítima da quadrilha conseguiu fugir. A mulher havia sido aliciada por uma agenciadora, em Búzios, na Região dos Lagos, com a promessa de um emprego na Itália.

Ela teve todas as despesas com passagem aérea e emissão de passaporte pagas pelo grupo. No entanto, ao chegar à cidade italiana de Empoli, em vez do trabalho prometido, a vítima foi colocada em cárcere privado e obrigada a se prostituir diariamente.

A vítima conseguiu fugir e o caso foi descoberto pela PF. A polícia suspeita que o grupo esteja ligado à máfia italiana e também use as vítimas como “mulas” (pessoas que transportam drogas) para o tráfico internacional.

Na ação de hoje, chamada de Operação Lenocinium, estão sendo cumpridos um mandado de prisão preventiva e três de busca e apreensão na cidade de Búzios, que foram expedidos pela 1ª Vara Federal de São Pedro da Aldeia.

Edição: Graça Adjuto

Angela Luvisotto

Mulher encontra o próprio carro em anúncio online

Mulher encontra o próprio carro em anúncio online

Veículo foi roubado dias antes, junto à Guarda Municipal o suspeito foi preso

MON completa vinte anos

MON completa vinte anos

Cartão postal de Curitiba foi inaugurado em novembro de 2002

Litoral do Paraná está em alerta para chuva intensa 

Litoral do Paraná está em alerta para chuva intensa 

Os volumes previstos são de 200 mm nos próximos dias

BRDE destina R$ 200 milhões para o empreendedorismo feminino

BRDE destina R$ 200 milhões para o empreendedorismo feminino

Os recursos foram liberados para empreendedores de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul