ParanáEconomia

PIX: Paranaenses movimentaram R$ 667,2 bi desde 2020

Especialista orienta consumidor para evitar golpes envolvendo a ferramenta

 PIX: Paranaenses movimentaram R$ 667,2 bi desde 2020

Foto: Reprodução

O Paraná movimentou mais de R$ 667,2 bilhões em transições via PIX, desde novembro de 2020. Dados do Banco Central revelam ainda que mais de 800 milhões de transferências com a ferramenta foram feitas no estado no período. Em todo o Brasil, foram mais de 16,4 bilhões de operações, movimentando R$ 8,6 trilhões. A utilização do PIX se popularizou nos últimos anos e já é considerada a segunda principal forma de pagamento, ficando atrás apenas do dinheiro. No Paraná, mais de 6 milhões de pessoas já usaram a ferramenta ao menos uma vez, segundo o Banco Central.

Com a facilidade em realizar pagamentos, também se intensificaram os golpes envolvendo a ferramenta. Segundo o advogado e especialista em Direito Digital, Pedro Guimarães, entre os golpes mais comuns envolvendo o PIX estão os que a pessoa entra em contato com a vítima afirmando que fez uma transferência errada e ataques a comércios pequenos.

A principal orientação é ao pagar sempre conferir a chave utilizada e confirmar o nome do recebedor antes de confirmar a transação. Mas no caso dos comerciantes que vêm sendo lesados com comprovantes falsos, a orientação é conferir, sempre, nos canais do banco recebedor para confirmar o recebimento.

O especialista ainda destaca que quem cai nesse tipo de golpe deve notificar o próprio banco para registro da situação. Também pode utilizar canais de denúncias no Banco Central.

Segundo a Polícia Civil, pessoas que forem vítimas de golpes desse tipo devem registrar Boletim de Ocorrência para que o caso seja investigado.

Reportagem: Leonardo Gomes.

felipe.costa

Em 2022, produtos paranaenses foram exportados para 212 países

Em 2022, produtos paranaenses foram exportados para 212 países

O ano passado atingiu a marca de 22 bilhões de dólares comercializados

BR-476: Motoristas morrem em batida de carretas. Rodovia é fechada

BR-476: Motoristas morrem em batida de carretas. Rodovia é fechada

Acidente foi registrado entre Araucária e Contenda, depois do posto da PRF

BR-277: 10 quilômetros de fila em Morretes, no sentido Curitiba

BR-277: 10 quilômetros de fila em Morretes, no sentido Curitiba

Permanece o desvio operacional no quilômetro 42, na Serra do Mar