ParanáCidades

Polícia divulga foto de foragida por golpe do aluguel

As vítimas são de diversas cidades, como Curitiba, Ponta Grossa, Apucarana e Castro

 Polícia divulga foto de foragida por golpe do aluguel

Foto: Divulgação

A Polícia Civil (PCPR) divulgou a foto da mulher foragida por estelionato. A suspeita é responsável por aplicar golpe do aluguel em pelo menos dez vítimas, entre outubro de 2021 a março de 2022, com prejuízo avaliado em R$ 50 mil. As vítimas são de diversas cidades, como Curitiba, Ponta Grossa, Apucarana e Castro.

CRIME – A investigada afirmava ser proprietária de um imóvel em Guaratuba, no Litoral do Estado. Nas redes sociais, ela oferecia o local para ser locado durante a temporada. Posteriormente, via mensagens, ela negociava e solicitava um valor antecipado. Quando as vítimas chegavam na residência descobriam que o imóvel não era da suspeita.

DENÚNCIAS – A PCPR solicita a colaboração da população com informações que auxiliem na localização da procurada. As denúncias podem ser feitas de forma anônima através do telefone (41) 3442-1202, diretamente à equipe de investigação.

Foto: Divulgação

Avatar

Band News Curitiba - 96,3 FM

A BandNews Curitiba está na cidade desde 2006. A emissora caiu no gosto do curitibano e, atualmente, está entre as dez rádios mais ouvidas da cidade.

Estrutura de armazenamento pega fogo no Porto de Paranaguá

Estrutura de armazenamento pega fogo no Porto de Paranaguá

De acordo com o Corpo de Bombeiros, ninguém ficou ferido

Censo 2022: acesso a saneamento básico cresce no Paraná

Censo 2022: acesso a saneamento básico cresce no Paraná

Entretanto, mais de 3 milhões de pessoas não têm acesso à rede de esgoto

Vestibular de inverno da UTFPR abre inscrições nesta segunda-feira

Vestibular de inverno da UTFPR abre inscrições nesta segunda-feira

São ofertadas mais de 4 mil vagas em 106 cursos da instituição

Inscrições para curso técnico do Senai-PR terminam nesta sexta

Inscrições para curso técnico do Senai-PR terminam nesta sexta

As oportunidades são destinadas a estudantes da rede pública