Projeto que coloca ‘sommelier de vacina’ no final da fila de imunização será votado na Câmara

 Projeto que coloca ‘sommelier de vacina’ no final da fila de imunização será votado na Câmara

Foto: José Fernando Ogura/AEN

O projeto de lei que pretende colocar no final da fila da imunização as pessoas que insistem em escolher a “marca” da vacina contra a Covid-19 será votado na terça-feira (24) na Câmara Municipal de Curitiba. A medida valerá para aqueles que vão aos pontos de imunização e, devido ao laboratório disponível, recusam a aplicação.

De autoria dos vereadores Jornalista Márcio Barros (PSD) e Marcelo Fachinello (PSC), o texto tramita em regime de urgência. Para Barros, os “sommeliers” de vacina atrasam a campanha de imunização contra o coronavírus e dificultam a programação da Secretaria Municipal da Saúde.

Se a proposta for aprovada em dois turnos e sancionada pelo prefeito Rafael Greca (DEM), o “sommelier” só poderá ser vacinado depois que a cidade concluir a imunização de toda a população, conforme o Programa Nacional de Imunização (PNI). As regras também seriam aplicadas à lista de espera por doses remanescentes, conhecida como “xepa”. A exceção, conforme o projeto de lei, seriam as pessoas com comorbidades, mediante recomendação médica; as gestantes; e as puérperas.

Segundo Marcelo Fachinello, a ideia é enfatizar a importância da vacinação como ferramenta para uma verdadeira retomada na cidade.

Antes da votação do projeto dos “sommeliers”, os vereadores analisam amanhã (segunda-feira, 23) dois projetos do Executivo. Um deles submete ao aval dos vereadores alteração em lei para que o município não perca R$ 2,7 milhões para o apoio a projetos culturais, via Lei Aldir Blanc. Na outra, a proposta é suspender, até o final do ano, dívidas das empresas de eventos culturais com Prefeitura de Curitiba. Os textos tramitam em regime de urgência.

Reportagem: Leonardo Gomes

Band News Curitiba - 96,3 FM

A BandNews Curitiba está na cidade desde 2006. A emissora caiu no gosto do curitibano e, atualmente, está entre as dez rádios mais ouvidas da cidade.